extrato@extratodo.com.br    Rua Dom Alberto Gonçalves, 1015 - Casa 01 - Curitiba - PR

  • Facebook Basic Black

O que você faz com o que te incomoda?

03/05/2017

No dia a dia de trabalho temos opiniões diferentes, queremos coisas diferentes e vivenciamos as situações de modo muito particular. As diferenças podem gerar incômodos, ganhar cada vez mais importância e dificultar as relações no ambiente de trabalho. O que você vem fazendo com estas diferenças?

 

 

Fábio chega ao trabalho. Na agenda algumas reuniões marcadas, uma porção de atividades para fazer e boas ideias na cabeça para os projetos em que está envolvido. Motivação para fazer a diferença no dia a dia é o combustível para encarar os desafios. Na primeira reunião com a equipe o objetivo é ajustar as ações no principal projeto que vem atuando. Reunião como todas as outras, pessoas relatam o que está acontecendo até começar a surgir ideias para solucionar alguns problemas. Cada um vai argumentando a partir do seu próprio ponto de vista e algumas diferenças começam a se mostrar aparentes. Aos poucos, a expectativa de um consenso vai ficando distante, principalmente com um dos integrantes da equipe, Daniel, que tem ideias bem distintas de Fábio. Ambos estão incomodados, ambos continuam argumentando, e cada vez mais, a partir do próprio ponto de vista. As vontades e motivações do dia se transformam em irritação.

 

Você já viveu algo parecido? No dia a dia na organização vive incômodos com parceiros e colegas de trabalho?

 

Fábio pode ter encaminhado esta situação de diversas maneiras. E você, tem um padrão mais recorrente de como lida com os incômodos no dia a dia? Abaixo confira quatro alternativas com que Fábio possa ter lidado com a situação. Você age ou já agiu de forma parecida?

 

  1. Sair da conversa: Fábio no meio de tantas argumentações diz que precisa encerrar a reunião e sai da sala. Não encaminha a conversa, não diz que está incomodo. Simplesmente sai irritado com o colega.
     

  2. Fala alto e ataca: Fábio começa a falar mais alto, numa disputa cada vez mais perceptível e começa a argumentar com ataques pessoais a Daniel, que revida. A agressividade se torna presente e a discussão deixa os dois “feridos”.
     

  3. Aceita mesmo sem concordar: No meio do debate Fábio recua, prefere não aumentar a discussão e se cala, deixando que a ideia de Daniel prevaleça. Uma decisão é tomada, mas Fábio sai insatisfeito da reunião e não concordando com o encaminhamento.
     

  4. Busca escutar e entender o que une os dois: No meio da conversa Fábio se esforça para escutar realmente os argumentos de Daniel. Faz algumas perguntas para entender o que é realmente necessário para o projeto. Fábio consegue expressar o que está lhe incomodando na conversa e busca entender o ponto de vista do colega, sem omitir o seu. Começa a existir conexão sobre as ideias, a partir do objetivo do projeto. Neste diálogo conseguem encontrar um caminho em comum.

 

 

Estas são algumas formas que agimos no dia a dia. Vale refletir o que você geralmente faz quando um incomodo aparece. Pode ter uma diversidade de ações ou um padrão que se repete. Estar consciente pode ser uma grande oportunidade para aprender lidar com os sentimentos e necessidades do dia a dia.

 

Trabalhando com acordos

 

Geralmente atendemos demandas e as equipes vão lidando com as necessidades no dia a dia. As relações, fruto da convivência diária, vão se moldando a partir destas práticas, criando a famosa cultura organizacional.

 

Uma forma de fazer evoluir a convivência é criar e fazer valer acordos entre equipes de trabalho. Funcionamento, horários, funções e objetivos são exemplos do que pode ser acordado para o bom fluir da equipe. Construir acordos com todos os envolvidos faz com que todos se responsabilizem e mantenham um ambiente de trabalho saudável para o desenvolvimento dos projetos, iniciativas e relacionamentos, tirando a carga pessoal das cobranças e tarefas.

 

Até a forma de lidar com possíveis conflitos pode entrar num acordo. Esta aí uma maneira de elevar a maturidade da equipe e da organização e facilitar  o aprendizado do trabalho coletivo.

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

O que você faz com o que te incomoda?

03/05/2017

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo